Mestrado em Estudos Clássicos

Teses defendidas

Alexandra Maria de Melo Madaíl, Recepção literária de Esopo e Fedro em autores portugueses. Universidade de Aveiro, 2003.

 

Orientador: João Manuel Nunes Torrão

 

Resumo: A fábula, cujas origens remontam à mais remota antiguidade, nomeadamente Esopo e Fedro, é um género literário que tem encontrado eco em todas as literaturas. Aliás, a brevidade, o estilo simples e o conteúdo das fábulas dos supracitados autores têm sido imitados por diferentes autores, de diferentes épocas. Esta evidência levou-nos à escolha de um estudo sobre a recepção literária de Esopo e Fedro em Sá de Miranda, Diogo Bernardes, D. Francisco Manuel de Melo, Cruz e Silva e João de Deus.

Este trabalho constitui uma tentativa de identificar, relacionar, valorar as recepções das fábulas de Esopo e Fedro em alguns autores que cultivaram o género fabulístico.

 

Abstract: The fable, whose origins remount to the most remote antiquity, namely Aesop and Phaedrus, is a literary genre that has been finding echo in all of the literatures. In fact, the brevity, the simple style and the content of the foregoing fabulist’s fables have been mock for different authors, of different times. This evidence took us to the choice of a study on Aesop’s literary reception and Phaedrus in Sá de Miranda, Diogo Bernardes, D. Francisco Manuel de Melo, Cruz e Silva and João de Deus.

This work constitutes an attempt of identifying, relate, value the receptions of Aesop’s fables and Phaedrus in some authors that cultivated the fabulistic genre.

 

Área de Estudos Clássicos

Hit Counter