Mestrado em Estudos Clássicos

Teses defendidas

Mário Paulo Costa Martins, As Sententiae de Publílio Siro (Introdução, versão do latim e notas). Universidade de Aveiro, 2003

 

Orientador: Carlos de Miguel Mora

 

Resumo: Autor latino muito pouco conhecido (não é um dos autores canónicos) Publílio Siro, contemporâneo de Júlio César, viera para Roma como escravo, em plena época áurea deste governante. Devido à sua inteligência, foi libertado e tornou-se um autor de mimos. O seu nome está associado ao famoso episódio ocorrido nos jogos do ano 45 a.C. em que, por determinação de César, destrona o famoso autor de mimos, Décimo Labério, no lugar de maior fama junto do público de Roma. Da sua produção dramática tão afamada apenas chegaram até nós dois títulos (Murmurco e Putatores). Dele se conservou, em forma de corpus, uma colecção de aproximadamente 700 versos, apresentados sob a forma de sententiae, máximas de grande valor moralístico, que tiveram grande aceitação não só já na Antiguidade, como também na Idade Média, sobretudo pelo facto de terem sido utilizadas nas escolas como manual de leitura e estudo.

No presente trabalho figura uma introdução às Sententiae publilianas, seguido da sua tradução, acompanhada de notas.

A primeira parte aborda questões relativas ao Autor (nome, época e obra) e com o seu texto (diferentes colecções do corpus sententiarum, tipo de verso, fortuna literária).

A segunda parte, bilingue, propõe a tradução das Sententiae.

Finalmente, as notas às Sententiae apresentam algumas reflexões sobre o texto e, em intertextualidade, passos de outros autores da Antiguidade Clássica.

 

Abstract: Publílio Siro was a Latin author who is rather unknown (he is not a canonical author) but was contemporary of Julius Caesar and who came to Rome as a slave in the golden epoch of that governor. Due to his intelligence he was set free and became an author of mimes.

His name is associated to the famous episode where the distinguished mimer Décimo Labério was dethroned by Publílio Siro through Caesar’s determination, reaching the most famous place near Rome’s public. From his notable dramatic production only two tittles reached  us Murmurco and Putatores. In the form of corpus only a collection of next to 700 verses were preserved, presented in the form of sententiae, maxims of great moral value which had remarkable acceptance not only in the Ancient Times but also in the Middle Age mainly because those verses were used in schools as a guidebook for reading and study.

In the present work  an introduction to the Publilian Sententiae is made followed by their translation and notes.

The first part deals with questions related to the author (name, epoch and work) and his text (different collections of corpus sententiarum, type of verse and its literary value). In the second chapter, bilingual, the translation of the Sententiae is proposed. Finally, the notes to the Sententiae, where some reflections about the text itself and its intertextuality (passages of other classic ancient author’s) are presented.

 

Área de Estudos Clássicos

Hit Counter